Por que viajar sozinha? Dicas de lugares e principais cuidados

Viajar sozinha tem se tornado um hobbie cada vez mais comum na vida de muitas mulheres. A primeira vez quase sempre é por falta de companhia, mas a experiência é tão enriquecedora que muitas adotam as viagens solo como estilo de vida.

Pensando nisso, hoje eu convidei a Laryssa Machado do blog Di Lua para escrever sobre suas vivências como viajante solo. A Lary é jornalista e, assim como eu, usa o blog como canal para inspirar as pessoas a viajarem mais e viverem novas aventuras. Veja dicas de lugares para viajar sozinha e também dicas de cuidados que precisamos ter quando nos aventuramos pelo mundo afora sozinhas.

Laryssa Machado do blog Di Lua

As principais vantagens de se viajar só é trabalhar a autoconfiança e a independência. Muitas vezes a sociedade machista, a pressão estética, e as relações no ambiente de trabalho fazem com que a confiança da mulher seja abalada e muitas não conseguem sequer sair para fazer compras desacompanhadas.

Ao viajar sozinha, a mulher estará no controle de toda a situação e poderá contar apenas com ela mesma para programar toda a viagem e escolher quais passeios irá fazer ou onde irá comer, por exemplo. A recompensa de perceber que a somos auto-suficientes e podemos fazer qualquer coisa é muito gratificante. Além disso, essa é uma das experiências que mais nos fazem amadurecer. Afinal, teremos que saber aproveitar e gostar de nossa própria companhia e se virar sozinha durante perrengues (como se perder, por exemplo).

Seguros Promo

Viajar sozinha: Se conhecer e estar aberta ao novo

Outra vantagem de viajar sozinha é aprender a tomar decisões, uma vez que tudo na viagem depende unicamente de você. Acordar cedo para aproveitar o dia ou dormir até mais tarde, economizar no almoço ou ir naquele restaurante dos sonhos serão algumas das decisões que você terá que tomar durante uma viagem.

Viajar sozinha também nos deixa muito mais abertas ao novo, assim a chance de fazer amizades para a vida toda é muito maior. Seja no hostel, ao pedir informação na rua ou na fila de alguma atração, a chance de começar a conversar com alguém é muito maior do que em viagens com amigos ou família.

viajar sozinha

Conhecer melhor os lugares é outra vantagem de se viajar sozinha. Sem outra pessoa e, logo, sem distrações, você acaba sendo forçada a saber encontrar um lugar, prestar mais atenção onde está indo. Portanto, é uma experiência que nos faz ficar muito mais presentes, vivendo intensamente cada momento, seja observando o pôr do sol na praia ou saboreando uma comida típica do local.

Durante uma viagem solo, também aprendemos a conhecer nossos gostos. Muitas vezes abrimos mão do que queremos fazer quando estamos com outras pessoas e, ao fazer isso frequentemente, vamos deixando de lado nossos gostos pessoais. Não ter que lidar com o tédio ou as reclamações de companheiros de viagem também é bom motivo para viajar só.

Portanto, viajar sozinha é uma experiência que nos faz crescer pessoalmente, que nos deixa muito mais corajosas e seguras, e que acaba refletindo em outros aspectos da nossa vida.

Cinco destinos seguros para viajar sozinha

viajar sozinha

Vila Velha/ES

Localizada na região metropolitana de Vitória, capital do Espírito Santo, Vila Velha é uma ótima cidade para quem quer viajar só pelo Brasil. Além de aproveitar as belas praias da Costa, Barra do Jucu, Itaparica e Itapoã, ainda dá para conhecer não apenas o Centro Histórico de Vitória, mas também algumas praias da capital capixaba. É possível conhecer as duas cidades tranquilamente de transporte público. Não deixe de ir no Convento da Penha e apreciar a vista das duas cidades e o mar.

Curitiba/PR

Curitiba é outro destino indicado para quem quer viajar só pelo país. Com um dos melhores IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do Brasil, a cidade tem boa infraestrutura, além de ser bem segura. Com diversas áreas verdes, vale apostar em passeios ao ar livre, como caminhar pelo Centro Histórico e ir ao Jardim Botânico, Parque Tanguá, Ópera de Arame. Não deixe de visitar Museu Oscar Niemeyer.

Países para conhecer em uma viagem sozinha

Holanda

Campos de tulipas, arte, paisagem com moinhos e cidades bucólicas são algumas das atrações da Holanda, que é considerado um dos países mais seguros da Europa e, portanto, um ótimo destino para viajar sozinha. A capital holandesa, Amsterdam, fundada no começo do século XII, foi construída em cima de diques e possui uma intensa vida cultural.

E se quiser uma guia para te acompanhar e te mostrar o melhor de Amsterdam é só falar com a Raphy.

Portugal

Para quem quer viajar sozinha para outro país mas não fala outro idioma Portugal é uma ótima opção. Além de ser é um dos países mais barato para visitar na Europa, possui atrações para todos os gostos, que vão desde praias a cidades medievais. Em Lisboa, que é rica em história, não deixe de visitar o Castelo de São Jorge (construído no século XI), Convento do Carmo, Torre de Belém, Oceanário de Lisboa, Padrão dos Descobrimentos e o Museu do Fado.

Veja dicas para seu roteiro em Lisboa, além de uma lista de 06 países que falam português.

Uruguai

País vizinho do Brasil, o Uruguai é visto como um dos mais seguros da América do Sul, é logo um ótimo destino para viajar sozinha.  Além da boa infraestrutura turística, o país tem diversos tipos de atrações, como cidades coloniais ricas em história, como Colônia del Sacramento, e praias mais badaladas, como Punta del Este. As passagens não são tão caras, além disso, o Real é bem mais valorizado que o Peso Uruguaio. Além disso, por receberem muitos turistas brasileiros, a comunicação não será um empecilho.

Cuidados e precauções ao viajar sozinha

Seguros Promo
  • Prefira ficar em hosteis com quarto compartilhado feminino;
  • Tenha um chip de internet, imprevistos acontecem e você pode precisar chamar um Uber ou pesquisar onde está, caso fique perdida;
  • Confira se está levando todos os documentos necessários para a viagem (RG, Passaporte, Certificado Internacional de Vacina);
  • Aprenda o básico do idioma local e tenha sempre o Google tradutor baixado no celular;
  • Se informe previamente sobre os lugares onde deseja ir;
  • Tenha o nome e telefone da sua acomodação anotados, assim como telefones uteis, como policia, bombeiros e embaixada;
  • Avise alguém de sua confiança o número de seu voo e informações do lugar para onde vai;
  • Cuide muito bem do seu dinheiro e do seu passaporte;
  • A noite, prefira carros por aplicativo do que transporte público ou andar só;
  • Tenha uma necessaire com os remédios que você costuma tomar, como para dor de cabeça ou enjoo;
  • Leve pouca bagagem, afinal apenas você será responsável por elas.

Gostou? Então compartilha 😉

Atrações em Amsterdam

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *