Viajar barato pelo mundo: hospedagens econômicas baseadas em trocas!

Uma das coisas que mais pesa em uma viagem com certeza é a hospedagem. Se você pretende viajar em alta temporada ou para o exterior, ela pode acabar saindo mais cara até que as passagens aéreas, principalmente se a moeda do destino for mais valorizada que o real. Mas com o surgimento e a popularização de hospedagens econômicas, baseadas em troca, tem possibilitado, cada vez mais, viajar barato pelo mundo afora.

Existem diferentes modelos, desde ficar na casa de um desconhecido, cuidar de animais de estimação, fazer trabalho voluntário, ajudar com tarefas domésticas, entre muitas outras maneiras de economizar durante uma viagem e, assim, conhecer mais lugares.

Separei diversas plataformas e sites que possibilitam essa troca de trabalho por hospedagem. E caso você não queira trabalhar durante uma viagem, mas ainda assim deseja economizar com a hospedagem, incluí na lista um site para “trocas de casas” entre viajantes.

Plataformas para viajar barato pelo mundo

Couchsurfing

Criado em 2004, o Couchsurfing (na tradução literal significa surfar em sofás) é uma comunidade que possibilita hospedagem gratuita no mundo todo baseado no intercâmbio cultural. Dessa forma, turistas se cadastram procurando um local, enquanto moradores se disponibilizam para receber visitantes.

A missão da plataforma é conectar pessoas e a troca de experiências. Assim, você enquanto viajante pode se hospedar em um local cujo anfitrião deseja aprender português, por exemplo. Para buscar por hospedagem é necessário fazer um cadastro preenchendo informações básicas e de personalidade, ler as avaliações dos locais e entrar em contato com os anfitriões, que podem aceitar sua solicitação ou não.

O cadastro é gratuito, mas para ter a conta verificada custa $60 e você paga apenas uma vez.

Home Exchange

Já no Home Exchange, a hospedagem funciona de forma mútua, ou seja, para se hospedar na casa de alguém – em 187 países do mundo – você precisa receber alguém na sua casa para juntar pontos (guest points), que são a moeda da plataforma. Para começar a usar o Home Exchange, você se cadastra e coloca informações e fotos de sua casa. Ao completar o cadastro você ganha 1150 pontos e, desta forma, já poderá utilizar a plataforma antes de receber alguém. Conforme você recebe hóspedes, você ganha pontos para se hospedar em uma das 400.000 casas pelo mundo.

O cadastro custa €130 anualmente e as aplicações são ilimitadas. Além disso, membros têm suporte e assistência em casos de cancelamentos.

Worldpackers

A Worldpackers é uma plataforma que conecta viajantes e anfitriões em todo o mundo para que possam trocar habilidades por hospedagem. Assim, você pode trocar seus conhecimentos em fotografia por estadia em um hostel, ou ensinar inglês em uma ONG na Ásia ou participar de uma colheita em algum vinhedo da Itália. São inúmeras oportunidades (vilas, ecovilas, ONGs, fazendas, hosteis) em 170 países e muitos deles oferecem alimentação também.

Para fazer o cadastro no site do Worlpackers, conhecer as oportunidades e ver como funciona você não paga nada, mas para aplicar à alguma vaga é preciso pagar uma taxa de $49 (ou $59 para casais ou amigos viajando juntos), que vale durante um ano para várias candidaturas. Portanto, dá para economizar muito conhecendo vários lugares.

Utilizando meu link você ganha $10 de desconto!

Hostelling International

A Hostelling International (HI) é uma rede que reúne mais de 90 associações nacionais de albergues da juventude em mais de 80 países. A missão do HI é unir jovens viajantes à experiências únicas, apoiar as comunidades locais e proteger o planeta. Dessa forma, os viajantes que desejam se tornar membros do Hostelling International, tem 10% de desconto sobre as diárias em hosteis da rede, acesso à locais verificados e seguros, além de fazer parte de uma comunidade global de viajantes e conhecer pessoas do mundo todo. A adesão é anual e custa R$86.41.

Trusted House Sitters

Essa é uma opção de viagem econômica perfeita para quem gosta de animais. Isso porque o Trusted House Sitters conecta pessoas que possuem animais de estimação e viajantes dispostos a cuidar deles e da casa, enquanto os donos saem de férias. Pelo benefício à ambos, as vagas são bastante concorridas e, por isso, é preciso se destacar entre os outros usuários, completando o perfil e mostrando que possui habilidades com animais. Além disso, para proteger os anfitriões, é preciso enviar uma Ficha Criminal, solicitada na Polícia Federal, com a situação nada consta.

Para se cadastrar nas vagas é preciso pagar a anuidade do site, que custa $119.

Luxury House Sitting

Com o Luxury House Sitting, o viajante tem a oportunidade de ficar em casas luxuosas, principalmente nos Estados Unidos e na Europa, em troca de cuidar do local e dos animais de estimação, caso tenha. O interessado se cadastra no site, preenche o perfil com fotos e informações pessoais, indicando onde deseja ficar. Então o anfitrião que procurar por alguém que cuide de sua residência, escolhe o perfil que mais lhe agrada. A taxa anual para utilizar o site é $25.

Work Away

Com a missão de  “construir uma comunidade compartilhada de viajantes globais que querem ver o mundo ao mesmo tempo em que contribuem para o lugar que visitam”, a Workaway é uma plataforma que une viajantes e anfitriões que precisam de uma ajuda em hostéis ou ONGs, por exemplo. Dessa forma, a pessoa trabalha em troca de um lugar para dormir e alimentação. A plataforma é pioneira nesse tipo de hospedagem e surgiu em 2002. Hoje são mais de 39.000 anfitriões em 177 países. Após se cadastrar – taxa anual custa $44 – dá para adicionar com amigo ou companheiro. Uma vez com acesso a plataforma, você pode se conectar com os anfitriões e outros viajantes.

Depois de conhecer todas essas plataformas, gastos com hospedagens não irão impedir mais ninguém de viajar barato pelo mundo.

Gostou? Então compartilha 😉

Atrações em Amsterdam

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *