O que fazer durante viagem à Atenas, a capital da Grécia?

Atenas, com mais de quatro mil anos, é o berço da civilização Ocidental e da Democracia. Sem dúvidas é uma viagem cheia de história e cultura. Sítios arqueológicos, ruínas de templos dedicados aos Deuses, igrejas bizantinas e ortodoxas contrastam com a boemia e a modernidade típica das capitais europeias.

Eu amei visitar Atenas! Quando o destino é Grécia, muita gente se esquece da capital e pensa apenas nas ilhas. As ilhas gregas são incríveis e devem estar no seu roteiro, porém deixe uns dias para Atenas também, eu sugiro pelo de 3 a 5 dias para aproveitar com calma, a cidade é deliciosa.

O que fazer em Atenas

Batizada em homenagem a Deusa da sabedoria e civilização, Atenas teve seu auge durante o período clássico da Grécia Antiga, sendo uma poderosa pólis (cidades-estado) da época. Desse modo, foi um importante centro artístico e filosófico. Sócrates, Péricles e Sófocles são alguns dos filósofos, políticos e escritores, respectivamente, atenienses.

Ao longo dos séculos, Atenas foi dominada por diversos povos estrangeiros e durante a Idade Média entrou em declínio. A cidade foi recuperada no Império Bizantino e muito próspera durante as Cruzadas. Enfraqueceu novamente durante o Império Otomano, mas ressurgiu como capital do novo Estado grego no século XIX.

Informações Úteis sobre Atenas

Documentação: A Grécia é um dos países que fazem parte do Tratado de Schengen, logo brasileiros em viagem de turismo não precisam solicitar visto para entrar e permanecer no país durante 90 dias, ele é concedido no aeroporto. Entretanto, é necessário ter passaporte válido com, no mínimo, seis meses de validade. Além disso, é preciso comprovar o objetivo da viagem e meios econômicos para se sustentar durante sua estadia.

Assim como em todos os países que fazem parte do Tratado, a contratação do Seguro Viagem é obrigatório.

Seguros Promo

Idioma: Grego, mas falam bem inglês. Não tive problemas em me comunicar por lá. Além disso o povo grego é muito simpático.

Moeda: Euro

Fuso horário: UTC +03:00 (6h a mais que o Brasil)

Voltagem: 220 volts

Tomada: Tomada C e F, sendo dois pinos redondos paralelos.

Melhor época para viajar à Atenas

A capital grega possui clima mediterrâneo, caracterizado por verões quentes e secos e invernos leves, porém chuvosos. Dessa forma, o verão tem temperaturas altas, sendo 32ºC a média em julho e agosto. Digo média pois eu peguei temperaturas mais elevadas quando fui, então prepare-se para um calor intenso. O inverno, que corresponde os meses de novembro a março, a mínima em Atenas costuma ser de 5ºC, é comum chover em alguns dias.

Tanto a primavera como o outono são as estações mais indicadas para quem quer uma viagem sem passar muito calor ou pegar chuva, pois ambas estações são mais amenas e raramente chove. Já para quem quer aproveitar praia, mas não quer ir no alto verão, maio e setembro são os meses mais indicados.

Imperdível em Atenas

O que fazer em Atenas - Acropole

Acrópole

A Acrópole (do grego antigo ákros+pólis: cidade alta) é um complexo arquitetônico que, durante os “anos dourados” da Grécia, serviu como centro político, fortificação militar e santuário religioso de Atenas. Ela está situada no topo de uma colina, a 156m do nível do mar,  em um local estratégico para visualizar cada ponto da cidade.

Ao longo dos séculos, a Acrópole passou por diversas destruições. No entanto, após a Independência da Grécia, as ruínas conservadas foram restauradas, transformando-se no principal ponto turístico da cidade. Ela é formada pelos monumentos mais famosos da época clássica grega, como o Partenon, Teatro de Dionísio, o Templo de Atena Niké, Propileu e o Erecteion.

Recomendo que visitem logo pela manhã pois é uma atração aberta, sem sombra para fugir do sol quente. Além disso considero um passeio de meio dia, tem bastante coisa para ver.

Para economizar você pode optar pela entrada combinada com outros pontos turísticos ( Ágora Antiga, Ágora Romana, Kerameikos, Templo de Zeus Olímpico, Biblioteca de Adriano e Ladeira Sul da Acrópole) custa €30 e €15 para estudantes. Compre aqui no site do ministério grego.

Templo de Zeus Olímpico

Com 96m de largura e 40m de largura, o templo dedicado a Zeus, o Deus do Olimpo, foi construído entre os séculos VI e II a.C, mas só foi finalizado no ano 132 d.C., no governo do Imperador Adriano. Feito com mármore do monte Pentélico, o templo possuía 104 colunas coríntias de 15m. No entanto, hoje só existem 15.

Arco de Adriano

Do lado de fora do complexo do templo de Zeus está o Arco de Adriano, que separava a cidade antiga (de Teseu) da cidade moderna (de Adriano). O arco triunfal de mármore tem 18m de altura e foi construído em 131 d.C. em homenagem ao imperador romano.

Construções antigas

Confesso que não entrei em nenhuma, com exceção do estádio que é fechado, é possível dar uma espiada enquanto caminhamos pela cidade. São construções antigas dedicadas à vida social. Estava bastante quente quando fomos então preferimos bater perna na cidade, aproveitar os bares e praias ao redor de Atenas. Mas vou explicar todas para que você possa escolher melhor na hora de elaborar seu roteiro de Atenas.

Ágora Antiga

Centro da vida social, política e comercial dos atenienses, a Ágora Antiga é um lugar onde eram realizadas prática esportivas, religiosas, comerciais e governamentais. Ela é composta pelo Templo de Hefesto, Stoa de Átalo (centro comercial helenístico) e o Odeon de Agripa (sala de concertos), entre outros.

Estádio Panatenaico

Esse estádio feito em mármore branco entre 1869 e 1870 sediou os primeiros Jogos Olímpicos Modernos. O primeiro estádio construído no local era feito de madeira e datado de 330 a.C. Nele era realizado as competições esportivas das Panateneas, celebrações religiosas que aconteciam anualmente e a cada quatro anos, essas sendo bem mais importantes que a primeira.

Ágora Romana

Conhecida também como Foro Romano, a Ágora Romana é uma antiga praça pública de Atenas, onde funcionava o mercado central. Ela foi construída entre os anos 19 e 11 a.C. a mando do imperador Augusto e ampliada posteriormente pelo Imperador Adriano. Atualmente estão conservadas pequenas partes das colunas do pátio e de uma área dos banheiros públicos. A entrada é através do ingresso combinado.

Biblioteca de Adriano

Construída em 132 d.C sob ordens do imperador Adriano, a biblioteca de 122m x 80m, também funcionava como sala de leitura e centro de convenções. Contudo, ficou perdida até 1885, quando começaram as escavações na cidade. Na época, foram encontrados blocos de pedra calcária e colunas de mais de 8m de altura. É possível ver a biblioteca da área externa, mas quem quiser visitá-la de perto, a entrada custa €4 adultos e €2 estudantes.

Museus

Museu Arqueológico de Atenas

Este museu construído entre 1866 e 1889 para abrigar objetos encontrados durante escavações na capital grega e que vão da pré-história à antiguidade. Atualmente o acervo do Museu Arqueológico de Atenas é composto por joias, múmias, escultura, cerâmicas e outros objetos. Além disso, o Museu possui uma rica coleção de arte egípcia. A entrada custa €10 na alta temporada e €5 na baixa.

Museu Bizantino e Cristão

Fundado em 1914, o Museu Bizantino e Cristão possui um rico acervo de arte bizantina e cristã, composto por mais 3.000 peças, datadas do século IV ao século XIX de bordados, mosaicos, esculturas e pinturas. Ele está localizado em uma vila de estilo bizantino, construído em 1848. A entrada custa € 4, € 2 para maiores de 65 anos e gratuito para estudantes e menores de 19 anos.

Museu da Acrópole

Um completamento para a visita à Acrópoles. Inaugurado em 2007 tem um acervo rico em artefatos recuperados e restaurados. Tem uma narrativa mais moderna que usa filmes para contar melhor a história por trás dos monumentos. Na alta temporada os ingressos são com hora marcada.

Uma dica extra aqui: no segundo andar do museu tem um café/restaurante com terraço e linda vista da Acrópole. E é possível ter acesso sem ingresso, recomendo uma passadinha lá para tomar um refresco 😉 .

Pôr do Sol em Atenas

sunset Atenas

Monte Lycabeto

O morro mais alto da cidade, com 277 metros, é sem dúvida um ótimo lugar para finalizar um dia passeio pelo capital grega. Com vista privilegiada das construções modernas e da Acrópole, o monte Lycato oferece um lindo pôr do sol. Há um funicular para o trajeto e já aviso que costumar ter fila no final da tarde. Também é possível subir a pé, mas a caminha é um pouco mais puxada.

Para deixar a experiência ainda mais completa te sugiro jantar no restaurante Orizonte Lycabettus, que fica no topo da colina. Precisa reservar!

Monte Aéropagus

Uma pequena colina localizada no centro de Atenas com uma vista esplêndida da cidade. Menos turística que a primeira opção e por isso também com menos infra estrutura. Mas tão recomendada quanto!

A Colina de Filopapo

Também conhecida como Colina das Musas, é um dos melhores pontos de para observação da Acrópole. No alto da colina está um antigo mausoléu construído entre 114 e 116 d.C. em homenagem a Julius Antiochus Filopappos, cônsul e administrador romano. Além de ruínas de muralhas defensivas dos séculos IV e V a.C.

Praias próximas à Atenas

Praia Glyfada

Considerada uma das praias mais bonitas do país, a Glyfada fica a 15km do Centro de Atenas. As águas de vários tons de azul são calmas e recomendadas para crianças e idosos. Durante o dia há vários bares e restaurantes na orla, assim como duchas e guarda-sóis para alugar. A noite a praia ganha um pouco de agito, com a abertura das boate e casas de festas.

Ficamos no Balux Cafe, um beach club com restaurante com cadeiras e guarda-sol a beira d’água, pagamos €5,00 cada pela .

Cabo Sounion

O que fazer em Atenas - Templo de Poseidon

Recomendo a visita, pois além da praia de mar azul o Sunion se diferencia pela vista privilegiada para as ruínas do Templo de Poseidon, construído em 444a.C para homenagear o deus do mar.

Praia Votsalakia

Não é preciso ir muito longe de Atenas para curtir a praia. Próxima ao Porto Piraeus, a 9km da  capital grega, está a Praia de Votsalakia, que costuma ficar mais cheia no verão. Apesar de ser próxima ao porto, ela é limpa e própria para banho, porém de cascalhos.

Praia Vouliagmeni

O destaque dessa praia é que a poucos metros está a Lagoa Vouliagmeni, é um espaço privado que custa €12,00 por pessoa, mas a infraestrutura é completa. Uma excelente opção para quem quer se refrescar em água doce.

Outras praias próximas são: Alimos, Astir, Kokkino Limmanaki, Lomvarda, Schinias

Onde ficar em  Atenas

Booking.com

Plaka

Com suas ruas estreitas, que mais parecem labirintos, Plaka é um dos bairros mais famosos, turísticos e atraentes de Atenas. Ele está localizado na encosta oriental da Acrópole e possui, portanto, fácil acesso ao metrô e à vários pontos turísticos da cidade. Há uma infinidade de museus, lojas, restaurantes, bares e até mesmo sítios arqueológicos em Plaka, que foi projetado pelos otomanos durante a ocupação da Grécia.

Syntagma

É um ótimo bairro para quem quer opções de hospedagem mais em conta e ainda assim ficar próximo aos pontos turísticos, uma vez que ele fica bem perto de Plaka. O bairro abriga a Praça Syntagma, que é onde está o Parlamento Grego e possui acesso fácil a linhas de ônibus, metrô e trem. Além de ter vários bares e restaurantes.

A praça Syntagma é o coração da cidade, todo dia, de hora em hora, é possível assistir à peculiar troca da guarda.

O que fazer em Atenas - troca da guarda praça Syntagma

Monastiraki

Localizado em uma região mais central de Atenas, Monastiraki é famoso por seu mercado de rua, onde se encontra de tudo. Ele fica perto dos principais atrativos da cidade e as hospedagens costumam ter preços mais acessíveis. No entanto, é bastante movimentado e tem um índice de furtos maior do que em outros bairros.

Psiri

Antigo reduto industrial, Psiri é um bairro mais descolado, jovem e com vida noturna agitada. Ele também está localizado em uma área mais central e possui lojas de artesanato, galerias de arte, bistrôs, bares e restaurantes.

Desconto para Airbnb

Thisseio

Também na área central, bem perto dos bairros Plaka e Monastiraki, Thisseio é conhecido pelos inúmeros restaurantes, tabernas, cafeterias e por sua variedade cultural. Há inúmeros museus no bairro, igrejas, além de um sítio arqueológico, o Kerameikos. É neste bairro que se tem uma das vistas mais bonitas da Acrópole.

Kolonaki

Já o Kolonaki é um bairro mais residencial, com muitas lojas de luxo restaurantes finos e hotéis mais sofisticados. É um local indicado para quem quer conhecer a cidade durante o dia e aproveitar a noite com classe. É no bairro que está localizado o bondinho que sobe até o Monte Licabeto.

Comidas típicas gregas para experimentar em Atenas

A culinária grega, também conhecida como mediterrânea, tem como base ingredientes frescos, frutas, verduras, legumes e principalmente peixes e frutos do mar. Os principais pratos são:

Gemista: prato com pimentão ou tomate recheado, com arroz, batatas ou carnes cozidas;

Moussaka, é um prato parecido com lasanha, em que camadas de beringela, carne de cordeiro moída, tomate, cebola, molho branco e azeite são intercalados;

Gyros: pão pita enrolado e recheado com carnes e legumes;

Pastitsio: é um prato de macarrão com molho de carne de carneiro moída ou frutos do mar.

Qual a melhor forma de se locomover em Atenas

A melhor forma de se locomover em Atenas é a pé, pois as atrações turísticas são bem próximas, quase todas em uma mesma região. Caminhando pela cidade, você ainda pode observar melhor a arquitetura do local, além do artesanato e o modo de viver dos gregos.

Transporte Público

O transporte público também é uma boa opção para se locomover na cidade. Isso porque em Atenas a rede é composta por metrô, ônibus, trem, bonde (tram) e ônibus elétrico (trolleybus).

O sistema de metrô é formado por três linhas que cobre praticamente toda a cidade, indo inclusive até o Aeroporto Internacional de Atenas (Elefthérios Venizélos) e o Porto Piraeus. Algumas estações de metrô recebem exposições sobre a história do país, sendo que a principal fica na estação da Praça Syntagma. Os bilhetes unitários, que valem tanto para ônibus como para o metrô, custam €1,90 e dão direito a baldeações por até 90 minutos. Há também bilhetes ilimitados por 24h, por €4,90 e bilhetes para 3 dias, que custam €22.

Táxi e carros particulares

O Uber não funciona em Atenas e os táxis podem ser chamados pelo aplicativo Beat, que é bastante popular na cidade e possibilita calcular o valor da tarifa na hora da chamada. Assim como o Uber, a corrida pode ser paga com dinheiro ou cartão. Para utilizar táxi fora do aplicativo é preciso ter cuidado, pois muitos motoristas não usam o taxímetro.

Compensa alugar carro?

Atenas é uma cidade onde alugar carro não é tão necessário, pois, além de conseguir conhecer a cidade a pé e por meio do transporte público, o trânsito pode ser complicado, principalmente nos horários de pico e no verão, e pode ser difícil encontrar vagas de estacionamento. Ainda assim se desejar alugar carro para conhecer outras cidades e até mesmo algumas ilhas (ferrys levam carros), há várias locadoras pela cidade e dentro do aeroporto, contudo recomendo reservar com antecedência. O aluguel não costuma ser caro, no entanto é exigido carteira de habilitação brasileira, carteira de habilitação internacional, passaporte e cartão de crédito.

Se você pretende visitar a Grécia, não deixe de reservar pelo menos três dias para conhecer Atenas e reviver um pouco do que foi a civilização grega, uma das mais importantes da Antiguidade.

Como dica final te sugiro olhar a agenda do Odeão de Herodes Ático, um teatro do ano 161 e que ainda tem apresentações. Eu fui e amei!

O que fazer em Atenas - Odeão de Herodes Ático

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Que post mais lindo e super completo! Amei e já salvei, pq ainda não fui à Atenas e vc tem toda razão, as ilhas são lindas, mas temos que ver Atena tb. Eu sou louca por mitologia e história grega, então acho que será intenso.
    Sobre a comida, eu amo muito Moussaka!!!!

    • Brenda, eu amei Atenas. Quando escrevi esse post me deu tanta saudades, queria voltar correndo para lá rsrs cidade deliciosa, super recomendo!

  • Post super útil, porque acabei de ver que eles reabriram para o turismo, né? to querendo em stembro 2021 pra lá! Minha pergunta é se lá é melhor eu ficar em airbnb ou hotel? é um lugar caro pra mulher solteira?

    • Oi Gisele, eles reabriram mas não para todos os países, precisa ver certinho a lista dos países cujos cidadãos estão autorizados a entrar na Grécia.

      Eu fiquei em Airbnb no bairro Plaka e foi perfeito, consegui caminhar para todos os pontos da cidade. Mas eu estava com meu marido, caso vá sozinha recomendo que fique em hotel.

  • Ameeeeei esse post! Me lembrou tanto a minha viagem para Atenas e aqui achei as melhores dicas, queria ter lido tudo antes da viagem!
    A minha comida preferida foi o Moussaka, ameeei demais!

  • Acrópole foi o que mais gostei, acho muito importante pegar essas dicas. Fui em 2016 sem me preparar muito e cai em lugares bem feios. Vou recomendar seu post pra todo mundo que for 🙂

    • Oi Paola, fico feliz que gostou do conteúdo e mais ainda por recomendá-lo!
      Atenas é incrível né, mas realmente é necessário um cuidado pois tem algumas questões de grandes metrópoles.

  • Um sonho visitar esse lugar com uma história tão rica !
    Eu amei que vc deixa o preço de cada passeio, assim já consigo ter uma base de quanto gastar por lá 😉

  • Conhecer Atenas eh um dos meus maiores sonhos! Seu post esta muito completo, vou salvar todas essas dicas pra quando eu for. Obrigada por compartilhar!!