Tudo sobre o Jenever, o Gin Holandês.

Você já ouviu falar de Gin? E de Jenever? Certamente teremos muito mais sim para a primeira do que para a segunda pergunta. E isso é normal, pois o jenevergenever em inglês ou então genebra em português – não é muito conhecido no Brasil.

Sendo assim, eu resolvi escrever esse texto para apresentar essa bebida típica da Holanda para vocês e também para explicar que o Jenever é o precursor do Gin. Eu costumo explicar como sendo o pai do Gin mas pensando bem, pelo tempo de história desse destilado eu acho que ele poderia ser avô da versão britânica, faria mais sentido. Contudo, antes de contar a história deles deixa eu explicar:

Como é o Jenever

De forma bem simples, trata-se de um destilado feito com zimbro e outras especiarias como por exemplo casca de limão, casca de laranja, baunilha e coentro. E vinho de malte – que se assemelha a um uísque não envelhecido e com alto teor alcóolico – que faz toda a diferença no sabor da bebida.

O Jenever pode ser jovem ou maduro, mas essa classificação não se dá pelo envelhecimento da bebida e sim pelo processo de destilação. Esclarecendo a diferença entre eles, o Jonge Jenever apresenta tons mais claros (transparente em alguns casos ) e sabor mais neutro. Já o Oude Jenever tem cores amareladas e um sabor altamente aromático pois tem um teor de malte superior.

Agora sim podemos falar um pouco da história do Jenever

O começo dessa história é um pouco confusa, pois algumas datas divergem. Porém o relato mais conhecido diz que sua invenção ocorreu no século XVI na cidade de Leiden aqui na Holanda. Quando o doutor Franciscus Sylvius testava as propriedades do zimbro para fins medicinais.

Eu não sei se como medicina funcionou mas como bebida foi um sucesso, não apenas para os holandeses mas para os britânicos também. Os soldados adoravam tomar a então apelidada Dutch Courage (coragem holandesa) antes das batalhas. Outra grande apreciadora do Jenever era a esposa do rei Willem III, Mary Stuart, com isso podemos imaginar que a comercialização da bebida ia de vento em poupa entre os países.

Resumindo, no século XIX o jenever já era famoso em terras britânicas, porém por lá era popularmente chamada de Gin. A alta demanda da bebida na Inglaterra e o processo demorado do malte fez com que os Ingleses criassem a própria bebida: o Gin.

Gin ou Jenever?

Qual é melhor eu não sei pois vai de gosto, mas o que eu sei é que depois desse texto você com certeza apreciará um Gin tônica de outra maneira.

Os dois são parecidos, inclusive tem lugares que se referem ao Jenever como Holland Gin, Gin holandês. Ambos são bebidas destiladas à base de cereais, que contam com adição de especiarias e de um fruto chamado zimbro. Porém no Gin não vai vinho de malte, e lembra que eu falei lá no começo que é o que faz a diferença de sabor?!  

Essa alteração na produção também é uma das razões pela maior popularização do Gin, pois acelerou o processo de fabricação além de baratear o custo da bebida. Inclusive quando o gin passou a ser produzido em larga escala na Inglaterra, tornou-se, por um longo período, mais barato que a cerveja.

Pensando em ir para Londres? Veja aqui dicas imperdíveis para sua viagem!

E outra curiosidade é que muitas receitas clássicas de coquetel que conhecemos hoje com Gin, inicialmente foram elaboradas com Jenever, como por exemplo Tom Collins e Martinez. O porque da alteração nunca saberemos, mas eu tenho duas suposições:

1 – nas receitas originais citava Holland Gin, deixando a idéia de que qualquer Gin serviria no caso de não ter o Gin holandês disponível.

2 – devido aos custos de produção e espera os produtos. O Gin circulava muito mais rápido que o Jenever.

Você sabia?

Jenever KLM
  • A KLM, companhia aérea holandesa, presenteia seus passageiros de primeira classe com miniaturas de edifícios da Holanda feitos em porcelana de Delft com jenever dentro. Cada ano de aniversário é feito uma nova edição.
  • Em 2008, jenever recebeu um AOC (Appellation d’Origine Contrôlée) da União Europeia. Isso significa que só pode ser chamado de jenever (ou genièvre ou genever) se for produzido na Holanda, na Bélgica e em certas partes da França e da Alemanha. Essa é a mesma regra aplicada ao champanhe, que só pode receber o nome se for produzido na região de Champagne na França.
  • A forma tradicional de degustar essa bebida típica da Holanda é em uma pequena taça em forma de tulipa que deve ser enchida até a borda – daquele jeito que se levantar derrama. Para beber você deve se inclinar e tomar o primeiro gole no balcão e só depois disso pode erguer a taça e apreciar normalmente.

Onde provar Jenever

Você tem duas excelentes opções de destilarias em Amsterdam: Van Wees e Wynandt Fockinck .

Também recomendo dar uma passada na The House of Bols, mais uma das atrações localizadas na praça dos museus. Eu gosto dessa atração pois você pode aprender sobre a história da bebida, da marca e no final ganha um coquetel que você pode escolher dentre um cardápio bastante variado. Acho divertido pois o bartender prepara na sua frente e você pode acompanhar como seu drink ganha vida. Além disso essa é uma das principais marcas de Jenever nacional.

Caso queira passear além de Amsterdam você pode ir à Schiedam onde fica a destilaria Onder de Boompjes, que foi fundada em 1658 em Leiden, mas hoje está nessa charmosa cidadezinha colada a Rotterdam, tem até um museus dedicado a bebida por lá.

Gostou? Então compartilha 😉

Atrações em Amsterdam

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *