PID ou CNH, qual eu preciso para dirigir no exterior?

Vai viajar e está planejando dirigir no exterior, mas está confuso sobre qual a documentação necessária? Você não está sozinho nessa! Muitos viajantes ficam confusos se é preciso ter a carteira de motorista internacional para dirigir no exterior ou se é possível dirigir apenas com a habilitação brasileira (CNH).

Alugar um carro durante as férias tem uma série de vantagens, como por exemplo: flexibilidade, conhecer cantinhos que fogem das rotas mais tradicionais, economizar tempo. E, dependendo do número de pessoas, também economizar dinheiro!

Entenda o que é a PID:

A Permissão Internacional para Dirigir é a tradução da nossa CNH, podendo ser emitida em até sete idiomas: alemão, árabe, espanhol, francês, inglês, português e russo. E a PID só tem validade quando acompanhada da CNH original e nos países membros da Convenção de Viena.

Para emitir tal documento é simples, basta acessar o site do Detran da sua cidade e fazer a solicitação. O preço pode variar, a taxa do Detran-SP para emissão da PID é R$ 330,99 e você recebe o documento em até sete dias úteis no endereço cadastrado. Já o Detran-RJ cobra R$ 156,69 pelo documento e é preciso retirar a PID presencialmente ( não achei opção e envio por correio).

O prazo de validade da Permissão Internacional para Dirigir será de no máximo 3 (três) anos da data de sua emissão ou até a data de expiração da validade da CNH, o que ocorrer primeiro.

dirigir no exterior - PID ou CNH?

Importante saber:

A Convenção de Viena é um acordo entre 130 países que visa facilitar o trânsito viário internacional. Assim, o tratado permite ao viajante portador de carteira de motorista internacional dirigir dentro dos países que possuem a lei de reciprocidade.

Contudo, embora a lei exija o uso da PID nos países signatários da Convenção de Viena, o senso comum aceita apenas o uso da CNH. Desse modo, em muitos países a PID se torna obrigatória somente após o prazo de 180 dias.

| DICA DE LEITURA : Documentos de viagem!

| DICA DE LEITURA : Como emitir meu passaporte?

Então eu não preciso da PID para dirigir no exterior?

Teoricamente você não precisa da PID para dirigir nos países membros do acordo de Viena dentro do prazo de 180 dias. Contudo, na prática, a ausência desse documento pode te prejudicar em alguns destinos. Para viajar em segurança, o ideal é providenciar a Permissão Internacional para Dirigir , pois apesar de não ser obrigatório, o documento pode ser solicitado durante a viagem.

E, você precisa saber que, em caso de uma infração ou acidente, o órgão responsável do país pode deter o motorista até obter a tradução juramentada da habilitação. Então imagina a dor de cabeça de passar por essa situação!

Infelizmente, em todos os lugares, alguns mais do que outros, estamos sujeitos a fiscalizações não muito confiáveis. Para não dizer desonestas. Sendo assim, acho que a PID é um documento de viagem importante para àqueles que estão planejando dirigir no exterior. Embora você não esteja ilegal, ela evita contratempos.

Dirigir no exterior – destinos populares:

  • África do Sul;
  • Alemanha;
  • Argentina;
  • Austrália;
  • Canadá;
  • Chile;
  • Colômbia;
  • Estados Unidos;
  • França;
  • Grécia;
  • Holanda; 
  • Indonésia;
  • Marrocos; 
  • México;
  • Portugal;
  • Reino Unido;
  • Suíça; 
  • Uruguai.

Lista completa

Gostou? Então compartilha 😉

Atrações em Amsterdam

Veja também

Follow Me!
error: Conteúdo protegido!